Data importantes | Important dates

  • 15/12/2015: submissão de resumos | or abstract submission;
  • 23/12/2015: notificação aos autores | authors notification;
  • 08/02/2016 20/01/2016: submissão de artigos | paper submission;
  • 18/02/2016 05/02/2016: notificação aos autores | authors notification;
  • 25/02/2016 19/02/2016: submissão da versão final | final version submission;
  • 25/02/2016 22/02/2016: inscrição no encontro | registration.

O programa das sessões paralelas encontra-se já disponível. Pode ser descarregado aqui.

Apresentação | Presentation

Pensar ou refletir é reparar nas ações e nos discursos habituais. Com que finalidade? A resposta é simples: descobrir novas maneiras de agir e de dizer. A Educação já é, há muito, e felizmente, orientada por valores bem interiorizados e de aceitação generalizada como a cidadania responsável e o desenvolvimento pessoal e social. A Educação é um saber aberto, onde deverá haver mais racionalidade crítica do que deferência à citação, e, por conseguinte, à autoridade. A Educação enfrenta um desafio: conservar os valores conquistados e aplicar a racionalidade crítica ao quotidiano da formação e da docência.

O 1.º Encontro Internacional de Formação na Docência (INCTE) tem nos seus objetivos e nos seus eixos temáticos não só os valores fundamentais e imprescindíveis (i.e., cidadania; desenvolvimento) como a racionalidade crítica inerente à construção de saber e de ação (i.e., problematizar, debater, refletir, analisar, aprofundar). Neste sentido, o INCTE tem todas as potencialidades de afirmar-se como espaço de construção racional e criativa sobre a Educação e sobre a Docência.

António Francisco Ribeiro Alves
Diretor da Escola Superior de Educação - Instituto Politécnico de Bragança

To think or to reflect is noticing in the usual speeches and actions. For what purpose? The answer is simple: to discover new ways to act and said. Education is, a long time ago, and fortunately, oriented for values well-internalised and widespread acceptance as the responsible citizenship and the personal and social development. Education is a know open, where there should be more critical rationality than deference to the quote, and therefore for the authority. Education faces a challenge: to conserve the values achieved and apply critical rationality to the daily training and teaching.

The 1st International Conference of Teacher Education (INCTE) has in its aims and its main themes not only fundamental and indispensable values (i.e., citizenship; development) as critical rationality inherent to the construction of knowledge and action (i.e., to discuss, to debate, to reflect, to analyse, to strengthen). In this sense, the INCTE has all the potential to assert itself as a space of rational and creative construction about education and about teaching.

António Francisco Ribeiro Alves
Director of the School of Education – Polytechnic Institute of Bragança