início
1

VI Edição

Incertezas e desafios na investigação em educação

6 . 7 maio | ESEB . IPB . Bragança . Portugal
participação . presencial ou virtual
1

6th Edition

Uncertainties and challenges in educational research

6 . 7 mai | ESEB . IPB . Bragança . Portugal
participation . onsite or online
2

INCTE'22

É indiscutível que a situação pandémica, numa inusitada cobertura mundial, condicionou, condiciona e condicionará múltiplas dimensões das nossas vidas nos tempos (mais ou menos) próximos. Esta situação tem exigido esforços redobrados a todos os setores da sociedade para enfrentar circunstâncias ainda mais incertas, complexas e, certamente, desafiantes.

O INCTE, Encontro Internacional de Formação na Docência, tem vindo a mobilizar a comunidade científica e profissional para dar respostas adequadas aos sucessivos desafios a ultrapassar. Por isso, cá estamos de novo (de forma presencial ou de forma virtual) para retomar as nossas partilhas, discussões e reflexões, seguramente necessárias e importantes nestes momentos tão exigentes.

O INCTE’22, já na sua 6.ª edição, como Encontro com afirmação nacional e internacional, está empenhado, mais uma vez, na prossecução dos seus principais objetivos:

• Problematizar, no quadro do processo de Bolonha, as estruturas curriculares da formação de educadores e professores;
• Debater propostas didáticas inovadoras no âmbito da formação para a docência;
• Refletir sobre as práticas formativas nos diversos contextos;
• Analisar o contributo da formação na dinamização das instituições;
• Aprofundar a comunicação entre os diferentes intervenientes na formação numa perspetiva de educação para o desenvolvimento;
• Debater práticas de formação no ensino superior.

Além disso, o INCTE continua a centrar a edição deste ano na temática da investigação em educação, no sentido de realçar o papel do educador ou professor investigador nas suas vertentes praxiológica e epistemológica. Reafirmamos, assim, que o INCTE’22, subordinado ao tema Incertezas e desafios na investigação em educação, incorpora uma visão de investigação em educação multidimensional, multimetódica e plurivocal, numa perspetiva de compromisso e responsabilidade compartilhada de todos, investigadores educacionais, educadores e professores. Sintam-se muito bem-vindos em Bragança, presencial ou virtualmente.
A Comissão Organizadora do INCTE’22.

2

Instruções para a apresentação da comunicação oral — até 2 de maio

As comunicações estão organizadas em sessões paralelas de 60 ou 75 minutos, com 4 ou 5 comunicações em cada sessão.
Cada apresentação oral terá a duração de 10 minutos com discussão plenária de 5 minutos para cada uma, no final de cada sessão.
As sessões decorrem em formato híbrido, podendo incluir, simultaneamente, apresentações presenciais e remotas.

As apresentações remotas deverão ser gravadas em vídeo, não devendo ultrapassar os 10 minutos. O ficheiro/vídeo deve ser identificado com o nome do(s) autor(es) e colocado em https://cloud.ipb.pt/u/d/d16387eb103f4b19b564/ até ao dia 2 de maio.

As apresentações presenciais, caso tenham apoio audiovisual (PowerPoint ou outro), deverão ser identificadas com o nome do(s) autor(es) e colocadas em https://cloud.ipb.pt/u/d/d16387eb103f4b19b564/ até ao dia 2 de maio.

2

INCTE'22

It is unquestionable that the pandemic situation, in an unusual worldwide coverage, has conditioned, conditions and will condition multiple dimensions of our lives in the (more or less) near future. This situation has demanded redoubled efforts from all sectors of society to face even more uncertain, complex and, certainly, challenging circumstances.

INCTE, International Conference on Teacher Education, has been mobilising the scientific and professional community to give adequate answers to the succeeding challenges to be overcome. So, here we are again (in person or virtually) to recommence our shares, discussions and reflections, surely necessary and important in these demanding times.

INCTE'22, already in its 6th edition, as an already renowned Conference, is committed, once again, in the pursuit of its main objectives:

• To problematise, in the framework of the Bologna process, the curricular structures of the training of educators and teachers;
• To debate innovative didactic proposals in the context of training for teaching;
• Reflect on training practices in different contexts;
• Analyse the contribution of training in invigorating institutions;
• To deepen the communication between the different actors in training in a perspective of education for development;
• Discuss training practices in higher education.

Moreover, INCTE continues to focus this year's edition on the theme of research in education, to highlight the role of the educator or teacher-researcher in its praxeological and epistemological aspects. Thus, we reiterate that INCTE'22, under the theme “Uncertainties and challenges in educational research”, incorporates a multidimensional, multimethodological and plurivocal vision of educational research, under the banner of commitment and shared responsibility of all, educational researchers, educators and teachers.

You are very welcome in Bragança, in person or virtually.
The Organising Committee of INCTE'22.

2

Oral presentation instructions — until May 2

The papers are organised in 60 or 75-minute parallel sessions, with 4 or 5 papers per session.
Each oral presentation will last 10 minutes with plenary discussion of 5 minutes for each, at the end of the session.
Sessions take place in hybrid format, and may include both onsite and remote presentations.

Online presentations should be recorded on video, and should not exceed 10 minutes. The file/video should be identified with the author(s)’s name(s) and uploaded to https://cloud.ipb.pt/u/d/d16387eb103f4b19b564/ by May 2.

Onsite presentations, if they have audiovisual support (PowerPoint or other), should be identified with the author(s)’s names and uploaded to https://cloud.ipb.pt/u/d/d16387eb103f4b19b564/ by May 2.

2

ACREDITAÇÃO

O INCTE’22 encontra-se acreditado pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua (12 horas) pelo que releva para efeitos de progressão na carreira dos Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário a exercer funções docentes em Portugal (Registo de acreditação: CCPFC/ACC-114759/22).

Certificado de formação contínua

Para a obtenção do certificado de formação contínua, para além da inscrição e pagamento no INCTE’22, é obrigatório o preenchimento da ficha de dados pessoais, até ao dia 5 de maio, no seguinte link: https://forms.gle/h1FwYq11XuDarTbBA

São ainda necessárias (obrigatoriamente):
A marcação da presença no dia 6 de maio, no início do Encontro, e no dia 7, no início da manhã e no início da tarde:
- No caso da participação online a presença deve ser marcada no link
https://forms.gle/mgkvJ43FP9nKuhem8
- No caso da participação presencial deve ser feita no secretariado;
• A avaliação da ação, no final do encontro, no link https://forms.gle/NpNU1q3yr4gRTJEt9
• A realização da avaliação individual (no template e de acordo com as instruções nele apresentadas) que deve ser enviada até ao dia 16 de maio para o email incte@ipb.pt;


2

ACCREDITATION



4

Flávia Vieira

5

Juan-Carlos Hernández

Beltrán

6

Michiel Heijnen

7

Letizia Cinganotto

7

Maria Pacheco Figueiredo

8
9
8
9
9
9
9
1

VI Edição

Incertezas e desafios na investigação em educação

6 . 7 maio | ESEB . IPB . Bragança . Portugal
participação . presencial ou virtual
1

6th Edition

Uncertainties and challenges in educational research

6 . 7 mai | ESEB . IPB . Bragança . Portugal
participation . onsite or online
2

Dia 6 de maio de 2022

(sexta-feira)

13h30 – 14h30 - Secretariado
- Receção e entrega de documentação.
Local: Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Bragança (ESE-IPB)

14h30 – 15h15 - Sessão de abertura
Sessão de abertura, com a presença de:
- Presidente do Instituto Politécnico de Bragança, Orlando Rodrigues
- Presidente da Câmara Municipal de Bragança, Hernâni Dias
- Diretor da Escola Superior de Educação, Carlos Teixeira
- Coordenadora do Centro de Investigação em Educação Básica, Cristina Mesquita
- Organização do INCTE, Manuel Vara Pires
Auditório da ESE-IPB

15h15 – 16h30 - Conferência plenária I
Para uma investigação transformadora na formação de professores
- Flávia Vieira, Universidade do Minho, Portugal
Auditório da ESE-IPB

16h30 – 17h00 - Pausa para café

17h00 – 18h00 - Sessões paralelas I

18h00 – 19h00 - Sessões paralelas II

2

6th May (Friday)

13h30 – 14h30 - Welcome session

14h30 – 15h15 - Opening session
with the presence of:
- President of the Instituto Politécnico de Bragança, Orlando Rodrigues
- Mayor of Bragança, Hernâni Dias
- Dean of the School of Education, Carlos Teixeira
- Head of the Research Centre in Basic Education, Cristina Mesquita
- Organizing Committee, Manuel Vara Pires
ESE-IPB Auditorium

15h15 – 16h30 - Keynote lecture I
Towards transformative research in teacher education
- Flávia Vieira, University of Minho, Portugal
ESE-IPB Auditorium

16h30 – 17h00 - Coffee break

17h00 – 18h00 - Parallel sessions I

18h00 – 19h00 - Parallel sessions II

3

Dia 7 de maio de 2022 (sábado)

09h00 – 10h15 - Sessões paralelas III

10h15 – 10h45 - Pausa para café

10h45 – 12h30 - Painel
Incertezas e desafios na investigação em educação
Moderadora: Elisabete Mendes Silva, Instituto Politécnico de Bragança, Portugal
- Letizia Cinganotto, Instituto Nacional de Documentação, Inovação e Pesquisa Educacional, Itália
- Maria Pacheco Figueiredo, Instituto Politécnico de Viseu, Portugal
- Michiel Heijnen, Universidade de Ciências Aplicadas de Utrecht, Países Baixos

12:30 - Almoço (se as condições sanitárias o permitirem)
Restaurante do IPB

14h30 – 15h45 - Sessões paralelas IV

15h45 – 16h15 - Pausa para café

16h15 – 17h30 - Conferência plenária II
La formación de profesores en tiempos de incertidumbre. Una nueva travesía a Nuuk
- Juan Carlos Hernández Beltrán, Universidade de Salamanca, Espanha
Auditório da ESE-IPB

17:30 - Sessão de encerramento
Auditório da ESE-IPB

3

7th May (Saturday)

09h00 – 10h15 - Parallel sessions III

10h15 – 10h45 - Coffee break

10h45 – 12h30 - Panel
Uncertainties and challenges in research in education
Chair: Elisabete Mendes Silva, Instituto Politécnico de Bragança, Portugal
- Letizia Cinganotto, National Institute of Documentation, Innovation and Educational Research, Italy
- Maria Pacheco Figueiredo, Instituto Politécnico de Viseu, Portugal
- Michiel Heijnen, Utrecht University of Applied Sciences, Netherlands
ESE-IPB Auditorium

12h30 - Lunch (if sanitary conditions allow it)
IPB restaurant

14h30 – 15h45 - Parallel sessions IV

15h45 – 16h15 - Coffee break

16h15 – 17h30 - Keynote lecture II
Teacher training in times of uncertainty. A new journey to Nuuk
- Juan Carlos Hernández Beltrán, University of Salamanca, Spain
ESE-IPB Auditorium

17h30 - Closing session
ESE-IPB Auditorium


4

Presidência da Comissão Organizadora

Cristina Mesquita 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Elisabete Mendes Silva 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Manuel Vara Pires 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)

Conference Chairs

Cristina Mesquita 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Elisabete Mendes Silva 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Manuel Vara Pires 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)

Comissão Organizadora

Adorinda Gonçalves 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Angelina Sanches 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Cristina Mesquita 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Elisabete Mendes Silva 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Jacinta Costa 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Luís Castanheira 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Manuel Vara Pires 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Maria do Céu Ribeiro
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Paula Vaz 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Rui Pedro Lopes 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)

Organising Committee

Adorinda Gonçalves 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Angelina Sanches 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Cristina Mesquita 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Elisabete Mendes Silva 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Jacinta Costa 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Luís Castanheira 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Manuel Vara Pires 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Maria do Céu Ribeiro
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Paula Vaz 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Rui Pedro Lopes 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)

Comissão Científica

Adorinda Gonçalves 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Alexandra Soares Rodrigues 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Alexia Dotras Bravo 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Amélia Marchão
(Instituto Politécnico de Portalegre, Portugal)
Ana Garcia Valcárcel 
(Universidad de Salamanca, Espanha)
Ana Paula Florêncio Aires 
(Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Portugal)
Ana Paula Laborinho 
(Fundación Euroamérica, Portugal)
Ana Paula Martins 
(Universidade do Minho, Portugal)
Angelina Sanches 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
António Guerreiro
(Universidade do Algarve, Portugal)
António Nóvoa
(Universidade de Lisboa, Portugal)
António Vasconcelos 
(Instituto Politécnico de Setúbal, Portugal)
Ariana Cosme 
(Universidade do Porto, Portugal)
Assunção Folque 
(Universidade de Évora, Portugal)
Carla Araújo 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Carla Guerreiro 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Carlos Neto 
(Universidade de Lisboa, Portugal)
Carlos Teixeira 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Catarina Vasques 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Chee Hoo Lum 
(National Institute of Education, Nanyang Technological University, Singapura)
Christine Pascal 
(Centre for Research in Early Childhood, Birmingham, Reino Unido)
Cláudia Martins 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Cristina Martins 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Cristina Mesquita 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Daniela Gonçalves 
(Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti)
Delmina Pires 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Domingos Fernandes 
(Universidade de Lisboa, Portugal)
Eduardo Lopes 
(Universidade de Évora, Portugal)
Elisabete Mendes Silva 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Elza Mesquita 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Evangelina Bonifácio 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Feliciano Henriques Veiga 
(Universidade de Lisboa, Portugal)
Fernando Martins 
(Instituto Politécnico de Coimbra, Portugal)
Flávia Vieira 
(Universidade do Minho, Portugal)
Gabriela Portugal
(Universidade de Aveiro, Portugal)
Gianina Ana-Massari
(Universitatea Alexandru Ioan Cuza Din Iasi, Roménia)
Graça Santos
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)

Haroldo Bentes 
(Instituto Federal do Pará, Brasil)
Helena Rocha 
(Universidade Nova de Lisboa, Portugal)
Henrique Teixeira-Gil 
(Instituto Politécnico de Castelo Branco, Portugal)
Ilda Ribeiro
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Isabel Cabrita 
(Universidade de Aveiro, Portugal)
Isabel Chumbo 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Isabel Vale 
(Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Portugal)
Isolina Oliveira 
(Universidade Aberta, Portugal)
Jacinta Costa 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
João Carvalho Sousa 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
João Cristiano Cunha
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
João Formosinho 
(Universidade do Minho, Portugal)
Joaquim Machado 
(Universidade Católica Portuguesa, Portugal)
Jorge Ramos do Ó 
(Universidade de Lisboa, Portugal)
José Manuel Cardoso Belo 
(Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Portugal)
Juan-Carlos Hernández Beltrán 
(Universidad de Salamanca, Espanha)
Juan R. Coca 
(Universidad de Valladolid, Espanha)
Juan Gavilán 
(Universidad de Concépcion, Chile)
Juha Lahtinen 
(Tampere University of Applied Sciences, Finlândia)
Júlia Oliveira-Formosinho 
(Universidade Católica Portuguesa, Portugal)
Leoncio Vega-Gil 
(Universidad de Salamanca, Espanha)
Leonor Santos 
(Universidade de Lisboa, Portugal)
Lina Fonseca 
(Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Portugal)
Lourdes Montero 
(Universidad de Santiago de Compostela, Espanha)
Luís Menezes 
(Instituto Politécnico de Viseu, Portugal);
Luciana Cabral Pereira 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Luís Castanheira 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Luís Sebastião 
(Universidade de Évora, Portugal)
Luisa Panichi 
(Università di Pisa, Itália)
Manuel Vara Pires 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Maria Antonia Mezquita-Fernández 
(Universidad de Valladolid, Espanha)
Maria Assunção Flores 
(Universidade do Minho, Portugal)
Maria da Conceição Martins 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Maria do Céu Ribeiro
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Maria do Céu Roldão
(Universidade Católica Portuguesa, Portugal)
Maria do Nascimento Mateus 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
María Dolores Alonso-Cortés 
(Universidad de León, Espanha)
Maria Isabel Castro 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Maria João Cardona 
(Instituto Politécnico de Santarém, Portugal)
Maria José Rodrigues
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Maria Raquel Patrício 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Marília Castro Cid 
(Universidade de Évora, Portugal)
Maja Ljubetic 
(University of Split, Croacia)
Mark Daubney 
(Instituto Politécnico de Leiria, Portugal)
Mercedes López-Aguado 
(Universidad de León, Espanha)
Marta Saracho Aranaíz 
(Instituto Politécnico do Porto, Portugal)
Miguel Angél Santos Guerra 
(Universidad de Málaga, Espanha)
Miguel Ribeiro
(UniCamp, Brasil)
Nélia Amado 
(Universidade do Algarve, Portugal)
Neusa Branco 
(Instituto Politécnico de Santarém, Portugal)
Olga Santos 
(Instituto Politécnico de Leiria, Portugal)
Paula Maria Barros 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Paula Vaz 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Paulo Afonso 
(Instituto Politécnico de Castelo Branco, Portugal)
Pedro Mucharreira 
(Universidade de Lisboa, Portugal)
Pedro Tadeu 
(Instituto Politécnico da Guarda, Portugal)
Pilar Gútiez Cuevas 
(Universidad Complutense de Madrid, Espanha)
Rosa Novo 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Rui Pedro Lopes 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Rui Trindade 
(Universidade do Porto)
Rui Vieira 
(Universidade de Aveiro, Portugal)
Sandie Mourão 
(Universidade Nova de Lisboa, Portugal)
Sandra Regina Soares 
(Universidade Estadual da Bahia, Portugal)
Sandra Santos 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Sani Rutz da Silva 
(Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Brasil)
Sara Barros Araújo 
(Instituto Politécnico do Porto, Portugal)
Sofia Bergano 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Sónia Galinha 
(Instituto Politécnico de Santarém, Portugal)
Susana Carreira 
(Universidade do Algarve, Portugal)
Susana Colaço 
(Instituto Politécnico de Santarém, Portugal)
Tatjana Devjak 
(Univerza v Ljubljani, Eslovénia)
Tony Bertram
(University of Birmingham, CREC, Reino Unido)
Vitor Gonçalves
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Vitor Hugo Manzke
(Instituto Federal Sul-Rio-Grandense, Brasil)

Scientific Committee

Adorinda Gonçalves 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Alexandra Soares Rodrigues 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Alexia Dotras Bravo 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Amélia Marchão
(Instituto Politécnico de Portalegre, Portugal)
Ana Garcia Valcárcel 
(Universidad de Salamanca, Espanha)
Ana Paula Florêncio Aires 
(Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Portugal)
Ana Paula Laborinho 
(Fundación Euroamérica, Portugal)
Ana Paula Martins 
(Universidade do Minho, Portugal)
Angelina Sanches 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
António Guerreiro
(Universidade do Algarve, Portugal)
António Nóvoa
(Universidade de Lisboa, Portugal)
António Vasconcelos 
(Instituto Politécnico de Setúbal, Portugal)
Ariana Cosme 
(Universidade do Porto, Portugal)
Assunção Folque 
(Universidade de Évora, Portugal)
Carla Araújo 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Carla Guerreiro 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Carlos Neto 
(Universidade de Lisboa, Portugal)
Carlos Teixeira 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Catarina Vasques 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Chee Hoo Lum 
(National Institute of Education, Nanyang Technological University, Singapura)
Christine Pascal 
(Centre for Research in Early Childhood, Birmingham, Reino Unido)
Cláudia Martins 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Cristina Martins 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Cristina Mesquita 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Daniela Gonçalves 
(Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti)
Delmina Pires 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Domingos Fernandes 
(Universidade de Lisboa, Portugal)
Eduardo Lopes 
(Universidade de Évora, Portugal)
Elisabete Mendes Silva 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Elza Mesquita 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Evangelina Bonifácio 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Feliciano Henriques Veiga 
(Universidade de Lisboa, Portugal)
Fernando Martins 
(Instituto Politécnico de Coimbra, Portugal)
Flávia Vieira 
(Universidade do Minho, Portugal)
Gabriela Portugal
(Universidade de Aveiro, Portugal)
Gianina Ana-Massari
(Universitatea Alexandru Ioan Cuza Din Iasi, Roménia)
Graça Santos
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)

Haroldo Bentes 
(Instituto Federal do Pará, Brasil)
Helena Rocha 
(Universidade Nova de Lisboa, Portugal)
Henrique Teixeira-Gil 
(Instituto Politécnico de Castelo Branco, Portugal)
Ilda Ribeiro
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Isabel Cabrita 
(Universidade de Aveiro, Portugal)
Isabel Chumbo 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Isabel Vale 
(Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Portugal)
Isolina Oliveira 
(Universidade Aberta, Portugal)
Jacinta Costa 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
João Carvalho Sousa 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
João Cristiano Cunha
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
João Formosinho 
(Universidade do Minho, Portugal)
Joaquim Machado 
(Universidade Católica Portuguesa, Portugal)
Jorge Ramos do Ó 
(Universidade de Lisboa, Portugal)
José Manuel Cardoso Belo 
(Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Portugal)
Juan-Carlos Hernández Beltrán 
(Universidad de Salamanca, Espanha)
Juan R. Coca 
(Universidad de Valladolid, Espanha)
Juan Gavilán 
(Universidad de Concépcion, Chile)
Juha Lahtinen 
(Tampere University of Applied Sciences, Finlândia)
Júlia Oliveira-Formosinho 
(Universidade Católica Portuguesa, Portugal)
Leoncio Vega-Gil 
(Universidad de Salamanca, Espanha)
Leonor Santos 
(Universidade de Lisboa, Portugal)
Lina Fonseca 
(Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Portugal)
Lourdes Montero 
(Universidad de Santiago de Compostela, Espanha)
Luís Menezes 
(Instituto Politécnico de Viseu, Portugal);
Luciana Cabral Pereira 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Luís Castanheira 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Luís Sebastião 
(Universidade de Évora, Portugal)
Luisa Panichi 
(Università di Pisa, Itália)
Manuel Vara Pires 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Maria Antonia Mezquita-Fernández 
(Universidad de Valladolid, Espanha)
Maria Assunção Flores 
(Universidade do Minho, Portugal)
Maria da Conceição Martins 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Maria do Céu Ribeiro
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Maria do Céu Roldão
(Universidade Católica Portuguesa, Portugal)
Maria do Nascimento Mateus 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
María Dolores Alonso-Cortés 
(Universidad de León, Espanha)
Maria Isabel Castro 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Maria João Cardona 
(Instituto Politécnico de Santarém, Portugal)
Maria José Rodrigues
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Maria Raquel Patrício 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Marília Castro Cid 
(Universidade de Évora, Portugal)
Mário Cardoso 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Maja Ljubetic 
(University of Split, Croacia)
Mark Daubney 
(Instituto Politécnico de Leiria, Portugal)
Marta Saracho Aranaíz 
(Instituto Politécnico do Porto, Portugal)
Mercedes López-Aguado 
(Universidad de León, Espanha)
Miguel Angél Santos Guerra 
(Universidad de Málaga, Espanha)
Miguel Ribeiro
(UniCamp, Brasil)
Nélia Amado 
(Universidade do Algarve, Portugal)
Neusa Branco 
(Instituto Politécnico de Santarém, Portugal)
Olga Santos 
(Instituto Politécnico de Leiria, Portugal)
Paula Maria Barros 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Paula Vaz 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Paulo Afonso 
(Instituto Politécnico de Castelo Branco, Portugal)
Pedro Mucharreira 
(Universidade de Lisboa, Portugal)
Pedro Tadeu 
(Instituto Politécnico da Guarda, Portugal)
Pilar Gútiez Cuevas 
(Universidad Complutense de Madrid, Espanha)
Rosa Novo 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Rui Pedro Lopes 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Rui Trindade 
(Universidade do Porto)
Rui Vieira 
(Universidade de Aveiro, Portugal)
Sandie Mourão 
(Universidade Nova de Lisboa, Portugal)
Sandra Regina Soares 
(Universidade Estadual da Bahia, Portugal)
Sandra Santos 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Sani Rutz da Silva 
(Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Brasil)
Sara Barros Araújo 
(Instituto Politécnico do Porto, Portugal)
Sofia Bergano 
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Sónia Galinha 
(Instituto Politécnico de Santarém, Portugal)
Susana Carreira 
(Universidade do Algarve, Portugal)
Susana Colaço 
(Instituto Politécnico de Santarém, Portugal)
Tatjana Devjak 
(Univerza v Ljubljani, Eslovénia)
Tony Bertram
(University of Birmingham, CREC, Reino Unido)
Vitor Gonçalves
(Instituto Politécnico de Bragança, Portugal)
Vitor Hugo Manzke
(Instituto Federal Sul-Rio-Grandense, Brasil)

Flávia Vieira

Universidade do Minho, Portugal

Professora Catedrática do Instituto de Educação da Universidade do Minho (UMinho), é doutorada em Educação. Desenvolve projetos e publica nas áreas da formação de professores, supervisão pedagógica, educação em línguas e pedagogia no ensino superior. Coordenou até 2019 o estágio dos Mestrados em Ensino da UMinho. Dirige o Mestrado em Ensino do Inglês no 1º CEB e coordena a especialidade de Supervisão Pedagógica no Mestrado e no Doutoramento em Ciências da Educação na UMinho. O seu trabalho tem sido desenvolvido em estreita ligação com os professores, no âmbito da formação inicial e contínua. Integra o Centro IDEA-UMinho desde 2017, direcionado à promoção da qualidade do ensino e da aprendizagem nesta instituição.

uminho.pt

Flávia Vieira

Universidade do Minho, Portugal

Flávia Vieira is full professor at the University of Minho, Portugal, with a PhD in Educational Sciences with a specialization in Foreign Language Education. She teaches English Language Methodology for Children and supervises the teaching practicum in primary schools. Her research interests focus on pedagogy at the university, pedagogy for autonomy, instructional supervision, action research, and foreign language education.

uminho.pt

Juan Carlos Hernández Beltrán

Universidad de Salamanca, Espanha

Professor Associado de Educação Comparada e Internacional da Faculdade de Educação da Universidade de Salamanca. Faz parte do GIR ECPES (Grupo de Investigação Reconhecido, em Políticas Comparadas de Educação e Educação), com linhas de pesquisa enquadradas no estudo de organizações internacionais, reformas escolares, políticas de formação de professores, bem como a perspetiva comparada da educação. No campo da mobilidade de ensino, esteve envolvido em projetos de investigação com estadia em diferentes universidades europeias e americanas (Universidade de Florença, Universidade Adger na Noruega, Universidade Francoise Rabelais, Universidade Federal da Bahia ou Universidade Stanford nos EUA, entre outras) . É membro de sociedades científicas como a Sociedade Espanhola de Educação Comparada (SEEC) e a Sociedade de Educação Comparada na Europa (CESE) e autor de várias publicações nacionais e internacionais no campo da formação de professores de forma comparativa.

usal.es

Juan Carlos Hernández Beltrán

Universidad de Salamanca, Espanha

Juan-Carlos Hernández Beltran is associate professor in International Comparative Education at the Faculty of Education-University of Salamanca. He is a member of the GIR ECPES (a renowned Research Group in Education and comparative educational policy), with research lines focusing on international research study, school reforms, teacher training policy, as well as on the comparative approach to education. As regards teaching mobility, he has been involved in research projects at several European and American universities (e.g. University of Florence, Adger University in Norway, Françoise Rabelais University, Federal University of Bahia or Stanford University in the U.S., among others) He is a member of scientific societies such as the Spanish Comparative Education Society (SEEC) and Comparative Education Society in Europe (CESE) and he is author of numerous national and international publications in the area of comparative teacher training.

usal.es

Michiel Heijnen

Utrecht University of Applied Sciences, Holanda

Michiel Heijnen (Países Baixos, 1976) trabalhou como professor de biologia e ciências em várias escolas do ensino secundário, enquanto estudava ciências da educação na Universidade de Investigação de Utrecht. Aqui obteve o grau de Mestre em Ciências, especializando-se em mudança educacional e gestão estratégica. Atualmente trabalha como diretor dos programas de mestrado na Marnix University of Applied Sciences em Utrecht, Países Baixos (www.marnixacademie.nl/about-marnix-academie). Estes programas centram-se no desenvolvimento profissional contínuo dos professores. Iniciou a sua carreira na formação de professores como educador de professores, formador e líder de projetos. Michiel ensinou, formou e supervisionou estudantes e profissionais da educação, mas também cocriou e colaborou com parceiros no ensino secundário e profissional sobre os temas de aprendizagem e ensino inovadores. Depois, Michiel desenvolveu as suas competências em liderança (educacional), estudando na universidade TIAS, Escola de Negócios. Tornou-se gestor de várias equipas e trabalhou na renovação curricular e estratégia, a fim de formar professores de uma forma sustentável. Mais tarde, Michiel trabalhou como gestor de programas. Liderou projetos e programas (internacionais) que se concentram na inovação, fazendo bom uso da cocriação, investigação, tecnologia, bem como os conceitos de aprendizagem personalizada e mista, abordando desafios como a escassez de professores e as mudanças societais. Michiel esteve fortemente envolvido no Centro Internacional de Especialização em Aprendizagem Inovadora (ICEFIL), é membro do grupo de peritos da Plataforma de Aprendizagem ao Longo da Vida (https://lllplatform.eu), é Vice-Presidente da Associação para a Formação de Professores da Europa (ATEE, atee.education) e trabalhou como consultor educacional em Onderwijs.pro (www.onderwijs.pro).

Michiel Heijnen

Marnix University of Applied Sciences, Utrecht, the Netherlands

Michiel Heijnen (the Netherlands, 1976) worked as biology and science teacher in several schools for secondary education, while studying educational sciences at Utrecht Research University. Here he obtained his degree as Master of Science, specializing in educational change and strategic management. He currently works as director of the master’s programs at Marnix University of Applied Sciences in Utrecht, the Netherlands (www.marnixacademie.nl/about-marnix-academie). These programs focus on the continuous professional development of teachers. He started his career in teacher education as teacher educator, trainer and project leader. Michiel taught, trained and supervised students and educational professionals, but also co-created and collaborated with partners in secondary and vocational education on the topics of innovative learning and teaching. Then, Michiel developed his skills in (educational) leadership by studying at TIAS university, business school. He became manager of several teams and worked on curriculum renewal and strategy, in order to educate teachers in a sustainable way. Later Michiel worked as program manager. He led (international) projects and programs that focus on innovation, making good use of co-creation, research, technology as well as the concepts of personalized and blended learning, addressing challenges such as the teachers’ shortage and societal changes. Michiel was strongly involved in the International Center of Expertise for Innovative Learning (ICEFIL), is member of the pool of experts of Lifelong Learning Platform (https://lllplatform.eu), is Vice-President of the Association for Teacher Education Europe (ATEE, atee.education) and worked as an educational consultant at Onderwijs.pro (www.onderwijs.pro).

Letizia Cinganotto

Instituto Nacional de Documentação, Inovação e Pesquisa Educacional, Italia

Letizia Cinganotto é investigadora em tempo integral no INDIRE (Instituto Nacional de Documentação, Inovação e Pesquisa Educacional), Roma, Itália. É licenciada em línguas estrangeiras, mestre em ELT, em e-Learning e multimédia e doutorada em linguística sincrónica, diacrónica e aplicada. Tem uma vasta experiência em desenvolvimento profissional contínuo para professores, formadores de professores e diretores. É membro de diferentes grupos de trabalho e comités científicos sobre CLIL e línguas, tanto no contexto nacional como internacionalmente. As suas principais áreas de investigação são aprendizagem/ensino de línguas, CLIL, aprendizagem de línguas com tecnologia avançada, inovação escolar, formação de professores. Apresentou trabalhos em conferências nacionais e internacionais e publicou artigos e capítulos em revistas especializadas e, recentemente, três volumes sobre o CLIL. É revisora e membro do Conselho Editorial de diferentes revistas com arbitragem científica. É membro da equipa de consultoria do projeto "Ensino de pluriliteracia para uma aprendizagem mais profunda" promovido pelo Centro Europeu de Línguas Modernas em Graz.

Letizia Cinganotto

Instituto Nacional de Documentação, Inovação e Pesquisa Educacional, Italia

Letizia Cinganotto is a full time Researcher at INDIRE (National Institute for Documentation, Innovation and Educational Research), Rome, Italy. She holds a BA in foreign languages, MA in ELT, in e-Learning and multimedia Learning and a PhD in synchronic, diachronic and applied Linguistics. She has far-reaching experience in continuous professional development for teachers, teacher trainers, head teachers. She is a member of different working groups and scientific committees on CLIL and languages both at national and international level. Her main research areas are language learning/teaching, CLIL, Technology-Enhanced Language Learning, school innovation, teacher training. She has presented papers at national and international conferences and published articles and chapters in peer-reviewed journals and recently three volumes on CLIL. She is a reviewer and a member of the Editorial Board of different peer-reviewed journals. She is a member of the consultancy team of the "Pluriliteracies Teaching for Deeper Learning" project promoted by the European Centre of Modern Languages in Graz.

Maria Pacheco Figueiredo

Instituto Politécnico de Viseu, Portugal

Maria Pacheco Figueiredo é Professora Adjunta da Escola Superior de Educação de Viseu do Instituto Politécnico de Viseu e Investigadora Integrada do CI&DEI/Instituto Politécnico de Viseu. É Doutorada em Educação, especialidade Didática e Desenvolvimento Curricular, Mestre em Educação, especialidade Conceção e Desenvolvimento de Projetos Educativos, e licenciada em Ciências da Educação. Tem desenvolvido a sua ação profissional no âmbito da formação de professores de crianças pequenas e da pedagogia no ensino superior. A sua investigação incide em áreas próximas às Infâncias, com especial enfoque na Pedagogia ligada aos Direitos das Crianças e na relação entre formação de professores e a investigação desenvolvida por práticos. Desde 2015, é Secretária-Geral da European Educational Research Association (EERA) e integra, atualmente, a Direção da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação (SPCE).

Maria Pacheco Figueiredo

Instituto Politécnico de Viseu, Portugal

Maria Pacheco Figueiredo is an Assistant Professor at the School of Education of the Polytechnic Institute of Viseu and an integrated researcher at the CI&DEI/ Polytechnic Institute of Viseu. She holds: a PhD in Education, specializing in Didactics and Curricular Development; a Masters’ degree in Education, specializing in Conception and Development of Educational Projects; and a Bachelor’s degree in Education Sciences. She has been developing her professional expertise within the area of training teachers of young children and pedagogy in higher education. Her research interests broadly focus on areas related to childhood, focusing on Children’s Rights Pedagogy and on the relationship between teacher training and research carried out by practitioners. Since 2015, she has been General Secretary of the European Educational Research Association (EERA) and, currently, she is a member of the Board of the Portuguese Society of Education Sciences (PSES).

2

processo de submissão

Independentemente do número de comunicações a que se encontra ligado, cada participante pode apresentar, no máximo, duas comunicações.

A submissão de trabalhos será realizada em duas fases:
Submissão do resumo
Submissão do artigo para o Livro de Atas após a aceitação do resumo

2

submission process

Regardless of the number of papers you are connected to, each participant may present a maximum of two papers.

The submission of contributions will be carried out in two steps:
Abstract submission.
Submission of the paper for the Proceedings after acceptance of the abstract.

3

submissão de resumos

# Os resumos das propostas podem ser submetidos em português, inglês ou espanhol

# Os resumos devem cumprir o limite de 2500 carateres, incluindo espaços

# Os resumos não podem conter referências bibliográficas

# Os resumos devem incluir:

# título - com doze palavras, no máximo, e a primeira palavra iniciada com maiúscula e as restantes com minúscula;
# indicação do eixo temático;
# propósito do estudo;
# métodos de pesquisa/metodologia (se aplicável);
# resultados (se aplicável);
# conclusões.

A submissão de resumos deverá ser feita eletronicamente através do sistema EasyChair, a partir do endereço https://easychair.org/conferences/?conf=incte22, até ao dia 31 de janeiro de 2022.


3

abstract submission

# Abstract proposals can be submitted in Portuguese, Spanish or English.

# Abstracts should be limited to 2500 characters including spaces.

# Abstracts cannot include any bibliographical reference.

# Abstracts should include:

# title - with a maximum of twelve words, with the first starting with uppercase letter and the remaining with lowercase letters;
# indication of the thematic axis;
# purpose of the study;
# research method/methodology (if applicable);
# results (if applicable);
# conclusions;

Abstracts must be submitted electronically through the EasyChair system, from the address https://easychair.org/conferences/?conf=incte22 , by January 31, 2022.



4

submissão de artigos

# As submissões devem ser textos inéditos, não editados ou apresentados em quaisquer outras publicações.

# Os títulos e os resumos dos artigos devem ser apresentados em duas línguas, sendo uma delas o inglês.

# Os artigos devem cumprir o limite de 12 páginas, no máximo.

# Os artigos não podem ter qualquer nota de rodapé, bem como qualquer tipo de anexos.

# Os textos devem seguir, obrigatoriamente, as normas de formatação do templatePT_artigo_incte22 (português/word) / templateESP_artículo_incte22 (espanhol/word) / templateEN_paper_incte22 (english/word). O modelo deve ser descarregado e deve ser usado para trabalhar diretamente sobre o ficheiro.

# No caso destas normas não serem respeitadas, os textos não serão publicados.
A submissão dos textos (artigos) deverá ser feita eletronicamente através do sistema EasyChair, a partir do endereço https://easychair.org/conferences/?conf=incte22, até ao dia 26 de abril de 2022.

4

paper submission

# Submissions must be unpublished texts, not edited or presented in any other publications.

# Titles and abstracts must be submitted in two languages, one of them being English.

# Texts should be limited to a maximum of 12 pages.

# Texts may not include footnotes or appendices of any kind.

Texts must follow the formatting rules of the templatePT_artigo_incte22 (português/word) / templateESP_artículo_incte22 (espanhol/word) / templateEN_paper_incte22 (english/word). The template should be downloaded and used to work directly on the file.

# In case these rules are not respected, the texts will not be published.

Papers must be submitted electronically through the EasyChair System, from the https://easychair.org/conferences/?conf=incte22, by April 26, 2022.

5

INCTE'22

O Encontro está estruturado em cinco grandes eixos temáticos:

Eixo temático 1:
Currículo e formação de educadores e professores
Este eixo temático integra as questões do currículo, da inovação curricular e as novas perspetivas curriculares no âmbito da formação inicial ou continuada de educadores e professores, incluindo a discussão de modelos e processos curriculares de diferente natureza e de trabalhos ou propostas de formação de educadores e professores, nos diversos contextos.

Eixo temático 2:
Didática e formação de educadores e professores
Este eixo temático integra aspetos dos diferentes saberes disciplinares em contexto escolar, abarcando a reflexão sobre os contributos da didática na formação de educadores e professores para uma construção progressiva de formas de compreender e agir conscientemente em situações educativas.

Eixo temático 3:
Práticas educativas e supervisão pedagógica
Este eixo temático integra o desenvolvimento de práticas de formação de educadores e professores nas escolas, compreendendo a problematização dos papéis a desempenhar pelos diversos intervenientes, numa perspetiva de trabalho colaborativo e da construção de uma identidade profissional consciente, empenhada e responsável.

Eixo temático 4:
Formação docente e educação para o desenvolvimento
Este eixo temático integra aspetos formativos do ensino e da aprendizagem relacionados com a promoção de uma cidadania global responsável, abrangendo a discussão de projetos e práticas educativas potenciadoras de uma educação para o desenvolvimento.

Eixo temático 5:
Práticas pedagógicas no ensino superior
Este eixo temático integra as questões relacionadas com os desafios pedagógicos que enfrenta o ensino superior na atualidade, abrangendo a discussão, partilha e disseminação de experiências pedagógicas vividas neste nível de ensino.

5

INCTE'22

The Conference is structured around five main thematic axes:

Thematic axis 1:
Curriculum and training of educators and teachers
This research topic integrates issues of curriculum, curricular innovation and new curricular perspective, in the context of the initial or continuous training of educators and teachers, including the discussion of curriculum models and processes of different nature and of works or proposals for the training of educators and teachers, in different contexts.

Thematic axis 2:
Teaching and training of educators and teachers
This research topic integrates aspects of different disciplinary knowledge in school context, covering the reflection on the contributions of teaching in the training of educators and teachers for a gradual construction of ways to understand and act consciously in educational situations.

Thematic axis 3:
Educational practices and pedagogical supervision
This research topic integrates the development of training practices of educators and teachers in schools, comprising the problematization of the roles to be played by the various actors, in a perspective of collaborative work and the construction of a mindful, committed and responsible professional identity.

Thematic axis 4:
Teacher education and development education
This research topic integrates formative aspects of teaching and learning related to the promotion of a responsible global citizenship, including the discussion of possible projects and educational practices of education for development.

Thematic axis 5:
Pedagogical practices in higher education
TThis research topic integrates issues pertaining to the pedagogical challenges that higher education currently faces, comprising discussion, sharing and dissemination of pedagogical experiences undertaken at this level of education.

6
6
8
3

VI Edição

Incertezas e desafios na investigação em educação

6 . 7 maio | ESEB . IPB . Bragança . Portugal
participação . presencial ou virtual
3

6th Edition

Uncertainties and challenges in educational research

6 . 7 mai | ESEB . IPB . Bragança . Portugal
participation . onsite or online
1

inscrições

Montante – 1.ª fase (até 31/03/2022)
# Participantes com comunicação: €60
# Estudantes de licenciatura ou mestrado com comunicação*: €20
# Estudantes de licenciatura ou mestrado*: €5
# Outros participantes: €35
# Professores e Educadores Cooperantes da Prática de Ensino Supervisionada da ESE-IPB têm direito a participação gratuita, ao abrigo dos protocolos existentes.
# Independentemente do número de comunicações a que
se encontra ligado, cada participante pode apresentar,
no máximo, duas comunicações.

1

registration

1st phase: Early bird registration (by March 31, 2022)
# Participants with paper: €60
# Undergraduate or MA students with paper*: €20
# Undergraduate or MA students*: €5
# Other participants: €35
# Teachers and educators cooperating with ESE-IPB in Supervised Teaching Practices are entitled to free participation, under existing protocols.
# Regardless of the number of papers you are connected
to, each participant may present a maximum of two papers.

4

pagamento

O pagamento deverá ser efetuado através de:
# Transferência bancária:
NOME: Instituto Politécnico de Bragança
NIB: 0781 0112 00000007883 90
SWIFT BIC CODE: IGCPPTPL
IBAN: PT50 0781 0112 00000007883 90

O comprovativo do pagamento deverá ser enviado através do formulário de inscrição.
*Os estudantes deverão enviar o comprovativo da situação de estudante juntamente com o comprovativo de pagamento.

4

payment

The payment must be made by bank transfer.
# Bank transfer:
NAME: Instituto Politécnico de Bragança
IBAN: PT50 0781 0112 00000007883 90
NIB: 0781 0112 00000007883 90
SWIFT BIC CODE: IGCPPTPL

Proof of payment must be sent through the registration form.
*Students must send proof of student status along with proof of payment.

2

inscrições

Montante – 2.ª fase (de 01/04/2022 até 26/04/2022)

# Participantes com comunicação: €75
# Estudantes de licenciatura ou mestrado com comunicação*: €25
# Estudantes de licenciatura ou mestrado*: €10
# Outros participantes: €45.
# Professores e Educadores Cooperantes da Prática de Ensino Supervisionada da ESE-IPB têm direito a participação gratuita, ao abrigo dos protocolos existentes.

Nota:
Os certificados de participação serão entregues apenas aos participantes no Encontro.
Os inscritos que tenham pago a sua inscrição, mas que não compareçam (presencial ou virtualmente) no Encontro, não terão direito a qualquer certificado, nem à devolução do valor pago.

Os certificados de comunicação serão entregues por comunicação apresentada e discutida no Encontro.

2

registrations

2nd phase: Late registration (from April 1 to April 24, 2022)

# Participants with paper: €75
# Undergraduate or MA students with paper *: €25
# Undergraduate or MA students*: €10
# Other participants: €45.
# Teachers and educators cooperating with ESE-IPB in Supervised Teaching Practices are entitled to free participation, under existing protocols.

Please note:
The participation certificates will be provided only to the participants attending the Conference. To be considered participants, they must be present (in person or virtually) and must have completed the payment.

Those who have paid their registration fee, but do not attend (in person or virtually) the Conference, will not be entitled to any certificate, nor to the refund of the amount paid.

The paper certificates will be issued to each paper presented and discussed at the Conference.

5
5
6
1
1

livros de atas


1

proceedings


1

VI Edição

Incertezas e desafios na investigação em educação

6 . 7 maio | ESEB . IPB . Bragança . Portugal
participação . presencial ou virtual
1

6th Edition

Uncertainties and challenges in educational research

6 . 7 mai | ESEB . IPB . Bragança . Portugal
participation . onsite or online

contactos

Morada
Escola Superior de Educação
Campus de Santa Apolónia
5300-253 Bragança

Secretariado
incte@ipb.pt

contacts

Address
Escola Superior de Educação
Campus de Santa Apolónia
5300-253 Bragança

Secretariat
incte@ipb.pt